Revista Wise Hands 08

Personagem da Semana – Joaquim Amado

Em todas as edições da nossa revista vamos destacar o Personagem da Semana. Hoje você irá conferir a entrevista com o surdo Joaquim Amado.

Conte-me sobre sua trajetória nos estudos e trabalho.

Aos 12 anos meu sonho e meta de faculdade era fazer o curso de arqueologia. Quando eu tinha 19 anos, fiz vestibular mas, não deu certo porque não fui aprovado. Então minha mãe me deu um presente. E aos 20 anos fiz o curso de ciência da computação. Isso significou para mim muito sucesso e minha conquista, pois sou fundador da World Deaf Tech. Um grande desafio e conquistado com o meu trabalho foi o de Infraestrutura de TI na Unimed. A minha trajetória de vida é uma história de sucesso.

Qual sua opinião sobre a acessibilidade/inclusão hoje em setores como educação, lazer, trabalho, transporte.

Falta muita acessibilidade principalmente para inclusão social com comunicação em escolas, universidades, hospitais, trabalho etc. Falta acessibilidade para nos comunicarmos com os ouvintes. Então é muito importante lutarmos contra essas barreiras e liberar a possibilidade de comunicação da comunidade surda, para ser mais eficaz.

Qual a importância da Libras no seu dia a dia?

É de muito importância utilizar a Libras. Isso me ajudou rapidamente a entender o português e Libras.

Se você fosse passar uma mensagem de conscientização para algum surdo qual seria?

Temos que apoiar a comunidade surda e acabar com as barreiras da comunicação em todas as empresas, hospitais, etc.

CEO da Wise Hands participa de live no canal Dialogando com a Biblioteca

No dia 13 de novembro, o CEO da Wise Hands Junior Gaino participou de uma live apresentada pelo tradutor e intérprete Reginaldo Silva, no canal Dialogando com a Biblioteca, no Youtube. O CEO fez uma apresentação da startup, falou sobre novos projetos, os desafios encontrados pelos surdos na realização das demandas diárias, entre outros importantes assuntos.

Icon

Redimensionar Fonte
Contraste
pt_BR